Notícias

26/02/2021 - TRT/AL premia Gabinetes e Varas que se destacaram no cumprimento das metas em 2020

Em solenidade on-line, magistrados e servidores foram agraciados nas categorias Ouro, Prata e Bronze

O Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL) realizou, na manhã desta sexta-feira (26.02), a 6ª edição do Programa Mérito de Produtividade. Na solenidade telepresencial, foram agraciados os Gabinetes e Varas do Trabalho que se destacaram no cumprimento das metas estratégicas judiciais do ano de 2020. O evento foi realizado na plataforma Zoom e transmitido pelo Canal do TRT/AL no YouTube.

Apesar de a solenidade ter ocorrido de forma on-line, foi organizada uma logística para que todos os agraciados recebessem antecipadamente o quadro que simboliza a homenagem, em embalagem lacrada, para garantir que os resultados só fossem conhecidos na hora do evento.

No segundo grau, o selo ouro mérito produtividade foi conquistado por quatro dos oito Gabinetes, que ficaram empatados em relação ao cumprimento de 100% das metas propostas. Foram eles: Gabinetes dos desembargadores Eliane Arôxa Pereira Ramos Barreto, João Leite de Arruda Alencar, Laerte Neves Souza e Pedro Inácio da Silva.

A premiação das Varas do Trabalho é dividida nas categorias Ouro, Prata e Bronze, de acordo com a pontuação obtida com base em indicadores presentes no Plano Estratégico do TRT/AL, e nos Planos Estratégicos do Poder Judiciário (CNJ) e da Justiça do Trabalho (CSJT).

Nove das 22 VTs de Alagoas receberam a premiação pelo resultado no cumprimento das metas. Ressalta-se que e a diferença entre as primeiras colocadas e as que figuraram em terceiro lugar foi de apenas três pontos. Esse resultado é reflexo do alto grau de eficiência das Varas que foram condecoradas.

Bronze – Nesta categoria, as Varas do Trabalho de Atalaia, 6ª VT de Maceió e a Unidade Trabalhista de Porto Calvo alcançaram 48 pontos dos 51 possíveis e empataram em terceiro lugar.

Prata – As Varas de Penedo, São Miguel dos Campos e União dos Palmares atingiram 49 pontos e foram as três colocadas na categoria prata.

Ouro – As três Varas que registraram os 51 pontos, o máximo estabelecido e, assim, cumpriram integralmente as sete metas que compõem o ranking, foram a 3ª e 10ª VTs de Maceió e a Unidade Trabalhista de São Luiz do Quitunde.

Pronunciamentos - O discurso de abertura do evento foi realizado pelo presidente do TRT/AL, desembargador Marcelo Vieira. O magistrado apresentou votos de pesar a todas as pessoas que foram atingidas pela pandemia. Ele salientou que o Regional Trabalhista tem adotado todos os procedimentos sanitários e logísticos de combate a esse problema, sempre sob a orientação de pareceres emitidos pelo Setor Médico do TRT/AL, e em sintonia com as estatísticas oficiais, após deliberação do Grupo de Trabalho da Retomada e do Comitê de Atenção Integral à Saúde, que tem participação de juízes e servidores do Tribunal.

“Mas, a despeito de tudo, não paramos nossas atividades. Temos buscado, com o auxílio da tecnologia, continuar prestando nossos serviços à sociedade alagoana, certos de que a Justiça, notadamente a Trabalhista, não pode parar. Esse prêmio, instituído pelo TRT/AL em 2015 de forma pioneira na Justiça do Trabalho, é certamente um relevante ponto de orientação e de incentivo para que nosso trabalho atinja resultados cada vez mais positivos perante a sociedade”, ressaltou.

Em seguida, o desembargador-presidente parabenizou e agradeceu a todos os integrantes das Unidades premiadas e a todos os demais juízes, servidores e empregados terceirizados, que, segundo ele, têm se dedicado com afinco à prestação de um serviço cada vez melhor. “Estendo esses agradecimentos aos advogados trabalhistas, ao Ministério Público do Trabalho e a todos  os que sonham e contribuem com uma Justiça do Trabalho forte e efetiva”, acrescentou.

Logo após, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AL), Nivaldo Barbosa, destacou a importância da premiação e da Justiça do Trabalho para toda a sociedade. “O prêmio desse ano tem uma simbologia e uma importância muito maior. Trata-se de um iniciativa que produz mais esperança e aumenta a produtividade – e esta é responsável pela distribuição de renda e diminuição da desigualdade social, num momento de grave crise econômica”, considerou.

O juiz do Trabalho Flávio Luiz da Costa, gestor das Metas do TRT/AL,  também enfatizou a importância da premiação para incentivar magistrados e servidores na busca pelo aperfeiçoamento da prestação jurisdicional. Segundo ele, em um ano de pandemia, em que a maior meta que todos tiveram foi preservar suas vidas, conseguir resultados expressivos e ficar entre as 13 unidades com o melhor desempenho da Justiça do Trabalho em Alagoas, sem dúvida, é algo muito especial. Digno de prêmio.

“Em relação aos resultados, vale destacar que o prêmio reconhece as atividades da equipe com um todo, inclusive, servidores e magistrados que atuaram por mais de um mês nas unidades agraciadas, contribuindo para o resultado final”, frisou.

Programa - A cerimônia vem sendo realizado desde 2016 e tem a finalidade de reconhecer os esforços de magistrados e servidores que se destacaram em relação ao cumprimento das metas da área-fim estipuladas para o exercício anterior. O programa também foi instituído com objetivo de estabelecer mecanismos que promovam a integração de equipes de trabalho e competições saudáveis que elevam o comprometimento das unidades jurisdicionais na busca da excelência dos serviços.

Magistrados e servidores lotados nas Varas do Trabalho recebem, além do quadro com o Selo de Excelência - a ser fixado no hall das Unidades -, certificados de participação no Programa Mérito de Produtividade. Os servidores terão o registro de elogio em sua ficha funcional, sob o título de “Servidor Destaque", conforme sua unidade de trabalho tenha se classificado na primeira, segunda ou terceira colocações.

 

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Fonte:
Ccom

Conteúdo de Responsabilidade da(o)
Fonte: Ccom