Notícias

04/02/2021 - Aprendizagem: magistrados do TRT/AL participam de debate realizado pelo Senac

Desembargador-presidente do Regional Trabalhista, Marcelo Vieira, e juiz Alonso Filho destacaram a importância da iniciativa para o ingresso dos jovens aprendizes no mercado de trabalho

O presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL), desembargador Marcelo Vieira, e o juiz Alonso Filho, titular da 10ª VT de Maceió e gestor Regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem, participaram, na última quarta-feira (03.02), de um debate on-line promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Na ocasião, os magistrados e representantes do Sistema S abordaram os benefícios da Lei 8.269/2020, de autoria da deputada estadual Jó Pereira (MDB/AL), que estabelece que só serão concedidos incentivos fiscais, dentro do Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado (Prodesin), para as empresas cumpridoras da cota estabelecida pela legislação federal.

O evento foi transmitido pelo canal da entidade no youtube: https://www.youtube.com/SenacAlagoasOficial. O desembargador Marcelo Vieira destacou a relevância do ensino profissional, tanto pelo mérito da formação quanto pela oportunidade de combate ao trabalho infantil. Segundo ele, é um instrumento que abre portas, garante cidadania, amplia os conhecimentos e, consequentemente, as possibilidades de empregabilidade. O magistrado convidou as instituições a visitarem o Tribunal Regional do Trabalho de Alagoas e a sua instituição museológica – o Memorial Pontes de Miranda, localizado no terceiro andar do edifício-sede da Justiça do Trabalho em Alagoas.

O juiz Alonso Filho enfatizou a relevância das iniciativas conjuntas em torno da Lei de Aprendizagem e propôs a criação de um portal com a finalidade de reunir a legislação sobre o tema, bem como as várias informações acerca de cursos para aprendizes e indicação das empresas interessadas em recebê-los, entre outras. Ao final de sua apresentação declamou a poesia “Aprendendo Sempre”, de sua autoria.

O auditor-fiscal do Trabalho em Alagoas, Leandro Carvalho, observou que a mão de obra precária disponibilizada é um dos problemas que contribuem para a baixa produtividade e afirmou que não se pode falar em desenvolvimento sem desenvolver pessoas. O coordenador de Educação Profissional do Senai Alagoas, Pedro Oliveira, explicou a atuação da entidade em relação à infraestrutura da instituição e à assistência para empresas, além dos procedimentos legais para efetivar contratações, funcionamento dos cursos e benefícios aos alunos que participam dos treinamentos como jovens aprendizes.

A coordenadora do Departamento Técnico do Senar Alagoas, Graziela Freitas, informou quais são os cursos direcionados à área rural desde o ano de 2019 e destacou as parcerias com sindicatos e o relacionamento com as empresas. Ela frisou que o Senar já ministrou treinamento para 813 jovens e, com isso, vem obtendo resultados satisfatórios de empregabilidade.

O gerente da Unidade de Programas Sociais do Senac Alagoas, Sandro Diniz, discorreu sobre o funcionamento da instituição e observou a necessidade de conscientização para a formação profissional e fortalecimento de laços com participação em fóruns de discussão sobre o tema.

A diretora da Unidade Sest/Senat/Maceió, Daniele Morais, informou que as entidades estão antecipando a abertura de cursos por conta da procura de empresas que precisam participar de licitações no Estado e necessitam cumprir a exigência da cota de Aprendizagem. Ela observou que há um número alto de contratações, e que muito dos jovens egressos dos cursos, quando contratados, passam a ser os responsáveis pela fonte principal de renda da família.

A diretora do Senac, Telma Ribeiro, frisou que a missão de todos é somar esforços sobre a inclusão desses jovens no mercado de trabalho e considerou que aprendizagem não é assistencialismo, e sim, oportunidade.

Depoimentos - Ao final de cada apresentação foram realizados depoimentos de egressos de diversos cursos das instituições do Sistema S. Todos os jovens foram unânimes ao afirmar que, em virtude dos treinamentos de aprendizagem, hoje estão devidamente contratados e trabalhando nas áreas em que foram capacitados.

Coordenadoria de Comunicação Social
Fonte:
Ccom

Conteúdo de Responsabilidade da(o)
Fonte: Ccom