Notícias

22/09/2022 - TRT-19 movimenta R$ 17 milhões em três dias de atividades da Semana de Execução

TRT-19 movimenta R$ 17 milhões em três dias de atividades da Semana de Execução

O montante movimentado até a última quarta-feira (21/9) na Semana Nacional de Execução Trabalhista no âmbito do TRT-19 chegou a R$ R$ 17.049.820,25. Esse valor já supera em 6% o total registrado nos cinco dias da campanha realizada no ano de 2021, que ficou em R$ 16.029.880,23.

A importância homologada em acordos foi de R$ 5.317.442,40. Até o momento, as Unidades que registraram os maiores valores em conciliação foram a Secretaria de Execução e de Pesquisa Patrimonial (SEPP), com a quantia de R$ 2.017.805,43 (38% do total) e o Centro Judiciário de Solução de Conflitos (Cejusc), que alcançou o importe de R$ 1.305.001,59 (25%), seguidos pela 1ª e 4ª Varas de Maceió, com R$ 584.746,35 (11%) e R$ 432.470,56 (8%), respectivamente. A 1ª VT de Arapiraca obteve R$ 315.792,93 (6%).

Alvarás – Quanto à liberação de alvarás, destaque para a 9ª VT de Maceió - R$ 3.781.469,10 (47% do total); 1ª VT de Maceió - R$ 3.086.324,51 (38%) e Cejusc- R$ 856.353,55 (11%).

A Secretaria de Precatório (Seprec) liberou a quantia de R$ 1.008.299,99. O valor de créditos e ativos financeiros bloqueados chegou a R$ 291.458,86. Em recolhimentos previdenciário e fiscal, o importe arrecadado foi de R$1.511.323,86. De segunda a quarta-feira, 915 pessoas foram atendidas.

As atividades da semana serão encerradas nesta sexta-feira (22/9). A Semana Nacional da Execução Trabalhista é promovida pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), em parceria com o Tribunal Superior do Trabalho (TST) e os 24 Tribunais Regionais do Trabalho. O evento busca a solução de processos em fase final ou de execução, ou seja, que dependem do pagamento do que foi definido em juízo. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Fonte:
Ccom

Conteúdo de Responsabilidade da(o)
Fonte: Ccom